Sei que é uma questão clássica da engenharia de software: espremer o cronograma da fase de testes, testar pouco, testar mal e depois reclamamos – porque a equipe de desenvolvimento não produziu um software de qualidade? Mas ainda assim, penso que vale o esforço de escrever mais esse texto sobre o assunto,